sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

O motor da banheira - de R$ 900,00 por R$ 5

O motor da hidromassagem da minha banheira pifou já faz um bom tempo. Fiquei sem a hidro, por quase um ano, até criar coragem e chamar um técnico. O zelador indicou um "pessoal" que costuma consertar as bombas da piscina, então, fiquei mais tranquila.

Bem, vieram no meu apto e retiraram a bomba para averiguar qual o problema e fazer um orçamento. Como ninguém ligava de volta, eu acabei ligando e fui informada de que a bomba estava queimada e não havia conserto, e que, portanto, eu teria que adquirir uma nova. Indicaram um modelo mais moderno, silencioso e, segundo eles, mais adequado. Uma nova custava a bagatela de R$ 750,00. Mais a mão de obra de R$ 150,00, a brincadeira toda ficaria em R$ 900,00.

Liguei para o meu marido, que imediatamente me convenceu de que isso era um total absurdo, e recusou a troca do motor. Liguei novamente para a assistência e pedi que devolvessem o motor. Passaram-se dias, semanas, e nada. Precisei ligar umas 5 vezes e só depois que informei o zelador que eles não haviam devolvido o motor após 2 meses de espera, finalmente vieram trazer a peça. Nem preciso dizer que vieram com uma cara péssima de má vontade...


Resolvemos usar a banheira sem a hidro e esperar sobrar uma graninha para investir num motor novo. Passaram-se longos meses. Hoje, meu super-marido pegou a bendita peça e testou. Surpresa!!! O motor estava perfeito! Uma única peça - chamada capacitor (esta peça cilíndrica e cinza clara da foto) - estava queimada, e após ser substituída, fez o motor funcionar perfeitamente!!! Detalhe, nós compramos e vendemos capacitores na nossa empresa! HeloooooÔ! E esta custa cerca de R$ 5,00. É mole ou quer mais?

Por que há tantas pessoas agindo de má fé? Não sei. Se os caras tivessem cobrado R$ 200,00 de conserto + peça de reposição, eu teria pago e jamais saberia que foi o capacitor de R$ 5,00. Teriam lucrado horrores e eu ficaria satisfeita por resolver meu problema e usar a hidromassagem. Mas quiseram muito, muito mais. Quiseram enganar, tirar vantagem, um lucro sem trabalho, sem honestidade. Pessoas indicadas pelo zelador. Onde vamos parar? Em quem podemos confiar?

3 comentários:

  1. HAHAHAH ESTOU NA MESMA SITUAÇÃO... SERA QUE CONSEGUIREI RESOLVER...

    ResponderExcluir
  2. Isso é Brasil, onde as pessoas não são punidas por aplicarem golpes. Ainda bem que você não aceitou ser roubada e preferiu ficar sem o conserto. Graças a Deus descobriu que era só uma peça barata que deveria ser trocada.

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente essa prática é muito comum pra quem presta serviços de assistência técnica, entre outros serviços. Trabalho em uma assistência e lamentavelmente casos assim não são raros. Existem bons profissionais, mas são a exceção. O negócio é ganhar o máximo possível com a ignorância do cliente. Imagina o que fazem em mecânicas com clientes que não sabem nada sobre carros?

    ResponderExcluir